T

Clique na imagem para ampliar

Seminário Aberto “Transgênero e Diferença Sexual: o que a Psicanálise pode contribuir?”

SEMINÁRIO ABERTO

Durante o mês de outubro, nas quatro primeiras segundas-feiras, 03, 10, 17 e 24, acontecerá o seminário aberto “Transgênero e Diferença Sexual: o que a Psicanálise pode contribuir?”, sob organização do Instituto de Psicanálise da SBPdePA.

O evento terá como convidada a colega Patricia Gherovici, Psicanalista Argentina radicada nos Estados Unidos. Ela é cofundadora e diretora do Philadelphia Lacan Group, professora associada no Psychoanalytic Studies Minor, University of Pennsylvania, membro honorário do IPTAR e membro fundador da Das Unbehagen, Nova York.

Ouvir o inconsciente é realmente lidar com identidade sexual e sexualidade. O trabalho analítico revela a complexa relação entre corpo e psique, destacando a precariedade do gênero, a instabilidade da oposição masculino-feminino e a fragilidade da identificação sexual, cujas fissuras foram expostas desde os primórdios da psicanálise freudiana.

Não há dúvida de que o momento transgênero está mudando nossas noções de gênero, sexo e identidade sexual. Essa evolução pode reorientar a prática psicanalítica. Historicamente, os psicanalistas assumiram uma posição normativa ao ler a transexualidade como um sinal de patologia grave. Nada pode estar mais longe do que se aprende sobre sexualidade na clínica.

A atividade ocorrerá em formato híbrido, com vagas presenciais limitadas (contato com a secretaria).

Inscrições: https://www.sbpdepa.org.br/semin%C3%A1rioaberto-transg%C3%AAneroediferen

Informações: comunicacao@sbpdepa.org.br

Share This