07.12 Nota de repúdio ao assassinato de crianças

Nota de repúdio ao assassinato de crianças

Nos dias 20 e 21 de novembro, por ocasião do dia Nacional da Consciência Negra, a FEBRAPSI se manifestou, repudiando o assassinato brutal de João Alberto Freitas por agentes de segurança do supermercado Carrefour.

Hoje, dia 6 de dezembro, manifestamos a nossa profunda indignação diante de mais dois assassinatos de duas crianças negras: Rebecca Beatriz Rodrigues Santos e Emilly Victoria da Silva Moreira Santos, de 7 e 4 anos (completaria 5 anos no próximo dia 23/12), respectivamente. Emilly e Rebecca, residentes na Baixada Fluminense, RJ, foram alvejadas por tiros enquanto brincavam na porta de casa, usufruindo de suas condições de crianças.

No recente Congresso da Federação Latino Americana de Psicanálise, a Diretoria de Infância e Adolescência, lançou o manifesto “VIDAS MARCADAS”, clamando pela proteção das crianças e jovens.

Neste momento, voltamos a público para reforçar a urgência de nosso comprometimento e de ações no combate ao racismo e a todo e qualquer tipo de violência, pois há evidências da crueldade extremada com as classes pobres e com as crianças e os jovens negros que têm as suas vidas encurtadas e seus projetos e possibilidades eliminados. Para estas crianças, o futuro nunca chega! Os efeitos das injustiças sociais na vida e na subjetividade desta população requerem a nossa atenção e cuidados.

Entendemos ser nossa responsabilidade como psicanalistas, implicados com a dor psíquica e com a escuta do sofrimento provocado pelo excesso traumático, diante de sucessivas situações de perdas, o compromisso com a dignidade humana, com o respeito ao outro e à liberdade.

A FEBRAPSI une-se aos familiares e à sociedade brasileira na busca pela verdade.

Diretoria da FEBRAPSI

  Rio de Janeiro, 06 de dezembro de 2020.