29.06 O ESTRANHO – INCONFIDÊNCIAS – por Helena Surreaux